Rejuvenescimento cutâneo com lasers

O rejuvenescimento da pele engloba a estimulação da formação de colágeno e fibras elásticas e a remoção de manchas e vasos.

Há disponibilidade atual de vários tipos equipamentos autorizados para uso médico no Brasil. Eles são a Luz Intensa Pulsada (LIP), Lasers não ablativos, Lasers ablativos, radiofrequência e infravermelho.

Os Lasers fracionados não ablativos são usados para o fotoenvelhecimento discreto e moderado e melasma.

Os Lasers ablativos podem ser o Laser de dióxido de carbono (CO2) e o de Erbium.

 

 

Laser CO2 Fracionado:
É um dos mais modernos tratamentos para o envelhecimento cutâneo. Este aparelho de laser emite grande quantidade de energia, que gera calor, e é capaz de atingir profundamente a pele causando grande estímulo de colágeno que se inicia após 30 dias da primeira aplicação.

Para que é indicado:
– Redução de cicatrizes de acnes na face
– Reduzir estrias antigas (brancas) e recentes (avermelhadas)
– Minimizar poros faciais
– Amenizar marcas de expressão na face, rugas
– Rejuvenescimento facial, colo, pescoço e dorso de mãos.

Quantas sessões são necessárias?
Cada problema de pele e de paciente precisa de um número diferente de sessões. Normalmente é sugerido, pelo médico, um número mínimo de 6 sessões, mas isso é apenas uma estimativa.
O intervalo entre cada sessão deverá ser a cada 2 a 3 meses.

 

Para assisitr ao vídeo explicativo sobre a aplicação do Laser CO2 é só acessar o link Laser CO2 – Canal do Youtube

.

.


Para melhores resultados com segurança procure sempre um especialista.


O dermatologista, é o especialista que realiza o tratamento médico, clínico, cirúrgico e cosmiátrico (estética médica) da pele, cabelos e unhas. Para encontrar um dermatologista na sua região, visite o site da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) www.sbd.org.br


.